Páginas

Tanque de combustível: conexões e funções



            O aeromodelismo é dominado por motores à combustão interna há décadas, e para que ele funcione corretamente um constante fluxo de combustível deve chegar ao seu carburador, não importando a posição em que o avião esteja. Um tanque corretamente instalado ajuda em muito nesta tarefa, e é exatamente sobre isso o artigo de hoje: como cada tanque de combustível deve ser instalado, seja ele gasolina ou glow.

            Quem já leu nosso artigo sobre manutenção em tanque de combustível já conhece basicamente como um tanque deve ser montado, mas hoje abordarei mais profundamente o tema, inclusive falando sobre a instalação para outros tipos de motores.

            Antes mesmo da instalação devemos observar se o material que utilizamos é adequando para aquele tipo de combustível:

            Glow: Mangueira de silicone e borracha de vedação do tanque específica – nos tanques da Dubro® a vedação original (preta) é a correta.

            Gasolina: Mangueira de Tygon (amarela) ou Neoprene, e a borracha de vedação dos tanques Dubro® devem ser substituídas pela resistente à gasolina (laranja).


            Conhecendo os componentes corretos e o princípio de funcionamento de cada motor, instalar e dar manutenção no tanque fica fácil. Vale lembrar que, como quase tudo no aeromodelismo, não existe certo ou errado, o que existe é: recomendável e não recomendável:


            Glow (sem bomba)



            Como o seu carburador não possui nenhum tipo de mecanismo para sugar o metanol, ele precisa de algo que empurre o combustível para ser alimentado. E esta é a função daquela mangueira conectada ao escape: aproveitar a maior pressão do interior do escape para pressurizar o tanque e levar o metanol até o carburador.

            Sem aquela mangueirinha seu motor só vai funcionar razoavelmente caso o tanque esteja acima do nível do carburador. Inclusive este é um ponto importante deste tipo de motor glow - que é de longe o mais utilizado – o centro do tanque deve ficar o mais próximo possível do nível horizontal do carburador e tão próximo quanto possível do motor, para facilitar o fluxo de combustível do tanque para o carburador. Claro que você não precisa ser paranoico com isso, poucos centímetros para baixo ou para cima são aceitáveis.

            Sabendo disso, a primeira conexão do tanque já está definida: a pressurização, que deve ser ligada a partir do escape e terminar na parte superior do tanque, pois quando o tanque encher no abastecimento, é por ela que o combustível irá vazar.

            Com o tanque pressurizado, precisamos conduzir o combustível até o carburador, e com esta função vem a segunda mangueira: alimentação. Ela começa no carburador e termina com um pescador no fundo do tanque. O conjunto do pescador é constituído de uma mangueira glow com um peso na ponta (pescador), ele tem como objetivo sugar combustível não importando a posição do aeromodelo (dorso, subindo, descendo...). Ele não deve tocar a parte traseira do tanque para não ter o risco de enroscar em voo, o recomendável é deixa-lo a meio centímetro do fundo, quando o tanque estiver na vertical.

            Estas são as duas mangueiras básicas, e ao meu ver, recomendadas para um motor glow sem bomba.

            O abastecimento deverá ser feito pela mangueira de alimentação, seja retirando ela do carburador, ou colocando algum dispositivo para seccioná-la, caso o carburador não seja acessível. Não recomendo a colocação da terceira mangueira para abastecimento (que será explicada mais afrente), pois com ela pode haver fluxo de combustível para o carburador no momento de abastecer, o que pode engazopar o motor e tornar a partida mais difícil, ou até mesmo gerar um calço hidráulico e danificar o motor. Utilize sempre a mangueira de alimentação para abastecer.



            Glow (com bomba) e gasolina



            Diferentemente do motor glow sem bomba, os motores glow com bomba e gasolina não precisam de tanque pressurizado para seu funcionamento. Sua alimentação de combustível é feita quando sua bomba ou diafragma (para gasolina) gera pressão negativa e puxa o combustível até o carburador.

            Assim sendo, não temos mais a mangueira de pressurização, e sim a mangueira de respiro, que é conectada internamente no tanque igual à de pressurização, porém, em vez de ser ligada ao escape, é colocada embaixo do avião e aberta para a atmosfera.

Seu objetivo é simples, quando o combustível sai do tanque precisamos colocar ar em seu exterior, caso contrário estaríamos gerando pressão negativa em seu interior, o que comprometeria o funcionamento do motor. Alguns montadores dão uma volta com ela por cima do tanque antes de leva-la para baixo do modelo, para que assim seja mais difícil o combustível vazar e cair onde não deve. Recomendo sempre tampar esta mangueira no momento do transporte, evitando assim um vazamento no carro ou na casa.

            A mangueira de alimentação é igual à do glow sem bomba. Mas como geralmente não a utilizamos para abastecimento, costumo fazê-la o mais curta possível, para evitar uma restrição ao fluxo de combustível ou furos.

            Finalmente chegamos à terceira mangueira do tanque, que está presente apenas nestes tipos de motores. Ela tem a única e exclusiva função de abastecimento, pois como o motor possui bomba, uma pressão positiva no tanque não gera fluxo de combustível para o carburador. Por isso podemos abastecer com o pescador conectado diretamente ao carburador sem ocasionar problemas.

            Por ela também ser usada para o desabastecimento do modelo, ela vai de algum suporte (tampão) até o fundo do tanque, com cuidado para não se enroscar com a mangueira do pescador. No momento do abastecimento, o combustível entra por ela, e quando o tanque estiver cheio, sai pelo respiro.


            Sabendo isso, você já é perfeitamente capaz de montar um tanque para qualquer tipo de motor, seja ele glow ou gasolina, vale lembrar que é recomendável fixar a mangueira nas suas conexões com abraçadeiras de nylon ou metal, para garantir que elas não se soltarão em voo.

           

            Ficou com alguma dúvida? Não sabe como instalar no seu aeromodelo? Deixe seu comentário aqui embaixo!



6 comentários:

  1. olá,
    a materia é muito boa,
    mas uma pergunta qual o ( diametro interno) correto da mangueira de combustivel
    que se deve usar nos motores a gasolina de modo geral?
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para motores até 50cc pode ser a "pequena" (small) da dubro, para motores maiores que isso a média é recomendada.

      Excluir
  2. Uma dúvida. Nos motores a gasolina o tanque de combustível também tem que ficar nivelado com o carburador?
    Pensando que tem bomba de combustível que suga o combustível, não seria útil estar alinhado Né...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa, pode por onde quiser. Em modelos maiores, geralmente coloca-se o tanque próximo ao CG.

      Excluir
  3. Olá amigo. Existe também para motores a gasolina uma mangueira de viton. Dizem que é a melhor. Você pode falar sobre isto e dizer onde podemos adquirir?

    ResponderExcluir
  4. Olá amigo. Existe também para motores a gasolina uma mangueira de viton. Dizem que é a melhor. Você pode falar sobre isto e dizer onde podemos adquirir?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...