Páginas

Conversão: combustão para elétrico



            Comumente vemos aeromodelos especificados para certa motorização, seja ela a gasolina, glow ou querosene. Mas sabemos que isso hoje não é regra, podemos escolher qual tipo de motor queremos segundo nossos próprios gostos e conhecimentos. A conversão de combustão para elétrico também é conhecida com eletrificação no aeromodelismo. Será que isso é algo difícil de se fazer?


Motor elétrico equivalente a 120cc gasolina

            Este artigo tem como objetivo demonstrar o que deve ser levado em consideração quando convertemos um avião de combustão para elétrico. Para referência, consulte o material de referência.

            A conversão de combustão de combustão para elétrico é uma mistura de ciência e arte, por isso, a experiência em projetos anteriores conta muito.

            Recomendamos assistir e ler estes materiais de referência:

            - Especificação de motor elétrico;
            - Hélice para motor elétrico;
            - Tabela de referência para motorização;
            - Para voar basta CG e potência;
            - Peso/potência e carga alar.        
           

            O primeiro ponto, e o mais importante, a ser considerado é a potência, ou seja, a força necessária para tracionar o aeromodelo. Comumente chamamos a cilindrada do motor (cc) de potência, mas isso é errado, pois potência é medida em CV/HP e W (Watts).

            Para saber corretamente qual seria um elétrico equivalente, olhe no manual do motor a combustão recomendado a potência entregue por ele. Após, olhe no manual do motor elétrico, qual possui uma potência próxima.

            Porém, este não é o único quesito a ser observado, um outro pouco lembrado é a rotação do motor, pois caso você deseje um voo semelhante, a rotação também deve ser.

Continha básica: “RPM = KV do motor x tensão da bateria”.

            Seguindo a mesma linha de fazer um modelo semelhante ao combustão, devemos nos atentar ao peso, pois caso fique muito leve ou muito pesado, suas características de voo também serão alteradas. O primeiro giant elétrico que vi na vida, em meados de 2010 foi um Extra 260 35% da Aeroworks, porém o aero era tão leve, que seu voo se assemelhava mais a um shock flyer, do que a um giant gasolina.




            Por isso, procure sempre uma motorização com o mesmo peso e potência. Mas não se esqueça de considerar todo o conjunto: ignição, baterias, tanque de combustível...

            O fator refrigeração é um dos principais, pois é ele que determinará se a potência máxima do motor poderá ser exigida por um longo tempo, ou se deve ser limitada para preservar os componentes. Então mesmo sendo elétrico, não se esqueça de posicionar o ESC de maneira a receber circulação de ar; e abrir janelas no cowl (carenagem do motor) para a ventilação do motor.

            Vale lembrar que para modelos a combustão, abastecer significa encher o tanque, enquanto para elétricos, significa carregar a bateria. Por isso é recomendado um carregador que acompanhe o tamanho das baterias utilizadas.

            Algumas baterias já aceitam cargas de 5C ou mais, isso se traduz em cagas de 15 minutos, então essa de que elétrico dura 5 minutos em voo e leva uma hora para carregar não passa de mito ou desconhecimento.


ESC JETI  300A

 
            Para conseguir carregar grandes baterias com altas correntes, sem dúvida é necessário um carregador potente. Os carregadores populares, geralmente oferecem entre 50 e 100W na porta da saída, o que é suficiente para grande parte das baterias pequenas. Mas quando são utilizados para a carga de grandes baterias, oferecem apenas decepção por causa da demora.

            O indicado para quem quer converter modelos médios e grandes para elétrico é possuir um carregador de pelo menos 500W, sendo um de 1000W ideal.

            Possuir um bom conjunto de baterias que aceite uma carga rápida pode ser mais vantajoso que vários conjuntos para carga lenta. Principalmente, por muitas vezes, carregadores de alta potência possuírem apenas uma saída.


Quer ser avisado de todas as nossas postagens? Cadastre seu e-mail aqui.

            Ainda tem alguma dúvida sobre a conversão para elétrico? Deixe seu comentário abaixo que te ajudaremos!




2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...