Páginas

Como comprar um usado



            Comprar um aeromodelo usado é algo comum no nosso meio, porém, caso isso seja feito sem alguns cuidados básicos o seu sonho pode se tornar um pesadelo. E na era da internet, fazer tudo atrás de um computador dificulta ainda mais um bom negócio. Neste artigo você verá algumas dicas básicas para reduzir o risco de comprar um usado.




            Mesmo aplicando estas técnicas, ainda há uma chance do negócio não ser em sucedido, pois alguns problemas podem estar camuflados.

            Já comprei e vendi muito ao longo dos meus vários anos de aeromodelismo, seja pela internet, pessoalmente, troca, rolo, empréstimo. Já me dei bem em algumas negociações, mal em outras, já até cai em golpes... Hoje tenho uma cautela bem maior, mas mesmo assim ainda não é garantia de sucesso.

          Vamos às dicas:

            Observe com quem você está negociando, claro que saber a índole da pessoa é primordial, mas observe um pouco além disso: o vendedor sabe do que está falando? Qual a experiência e ligação dele com o hobby? Eu costumo fugir de vendedores leigos, não pela desonestidade, mas pela ignorância dele sobre o produto anunciado.

            Primeiro, ele pode te passar especificação errada, caso ele faça isso, caia fora, pois é furada. E segundo, e principal motivo, somente um aeromodelista cuidadoso sabe como tratar um aeromodelo; e ele não sendo um piloto com experiência, provavelmente já judiou muito do avião, ou do rádio, antes de te passar, então a chance de vir com problemas é maior.

            Quando for negociar pela internet, principalmente Facebook, investigue sobre o vendedor. Perfis criados recentemente são suspeitos, da mesma maneira que aeromodelista que não compartilham e nem postam nada sobre aeromodelo. Suspeite.

            Hoje ninguém precisa ser um especialista para saber se o preço está bom ou está caro demais. Basta fazer uma rápida pesquisa na internet, principalmente em sites como Mercado Livre, OLX e grupos de compra/venda do Facebook.

            Veja produtos iguais e produtos semelhantes e compare com o qual você está interessado, se estiver caro talvez não seja um bom negócio. Cuidado com a comparação com sites internacionais e nacionais, geralmente há uma grande diferença no preço e precisamos refletir sobre. Os preços no mercado internacionais são quase que padronizados, porém dentro do Brasil pode haver grande diferença, por isso pesquise bastante.

            Analise muito bem o estado geral de conservação, donos descuidados geralmente têm modelos com remendos e grandes marcas de “uso”. Claro que há exceções, aviões ARFs de marcas mais baratas costumam soltar facilmente a entelagem por causa do óleo dos motores à combustão, neste caso você pode relevar. Sei que a beleza é um dos primeiros pontos a se observar, mas o jeito de ver o estado de conservação é outro, pois fotos enganam muito, mas muito mesmo, pode acreditar.

            A qualidade da montagem também é fundamental: fios por toda parte, linkagem maior que o necessário, horn na posição errada, cowl muito aberto, motor na posição errada estragando a aparência... Todos esses são sinais de que o avião não foi montado corretamente, e se você é um piloto crítico, terá que refazer toda a instalação. Infelizmente a maioria dos modelos não são bem montados.

            Em aviões, olhe por dentro, entelagem ruim ou entelagem boa não significam nada estruturalmente falando. Uma coisa é um modelo lenhado e com consertos mal feitos, outra bem diferente é um modelo que apenas foi reentelado por gosto do dono e que possui a estrutura perfeita. Aeromodelos feitos em balsa ou compensado são facilmente analisáveis ao se olhar pelo canopy ou pela abertura da asa.

            Para motores à combustão, a compressão é fundamental, dê algumas voltas na hélice com a mão mesmo e observe se o motor oferece grande resistência, isso é a famosa compressão. Se possível, funcione o motor por algum tempo. Lembre-se que diferentes motores possuem diferentes pressões de compressão, não se engane.

            Veja qual é o modelo do motor ou do rádio, se é antigo ou novo. Quanto mais novo, provavelmente, menos usado vai estar; e isso significa que sua vida útil será mais longa em sua mão. Pesquise se o modelo dele é bom ou se apresenta muitos problemas constantemente, isso é fácil de encontrar na internet. Procure sempre comprar equipamentos com tecnologia mais recente, seja ele o que for: fuselagem, rádio, motor ou servos.

            O principal, veja se o rádio ou o motor possui marcas de queda, se tiver, questione o dono sobre o ocorrido. Para motores, grandes quedas podem trazer graves consequencias, como virabrequim torto e quebra do bloco.

            Se possível, peça para o vendedor voar o modelo, e caso queira, veja se ele te autoriza a voá-lo. Estar voando já é um bom sinal de que o produto está no mínimo em condições de uso. Desconfie muito caso ele fique inventando desculpas ou motivos para não te mostrar voando ou em uso. O melhor jeito de enganar alguém é vender algo sem mostrar que funciona; e depois de pago provavelmente você não vai conseguir recuperar o dinheiro.

            Comprar um aeromodelo não é muito diferente de comprar um carro usado, por exemplo; dependendo da honestidade do vendedor você via comprar um bom produto e que serve perfeitamente para você, ou você será enganado e ficará com um modelo todo estragado e torto.


Quer ser avisado de todas as nossas postagens? Cadastre seu e-mail aqui.



            Como foi sua experiência ao compra um aeromodelo usado? Comprou um bom produto ou praticamente caiu em um golpe?



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...