Páginas

Entelagem Stick


            Dando continuidade à construção do Stick da WGS aeromodelos, chegou a hora de entelar. Pelo modelo ser de isopor e depron, logo descartei o uso de Monokote, pois isso, além de encarecer o modelo, derreteria todo o isopor. Pintar também não é uma opção válida, pois demanda um bom acabamento da superfície e com qualquer batida marca. Nesse caso, o ideal é o Vinil que é barato, fácil de aplicar e resistente. A descrição dos procedimentos e suas fotos podem ser vistas abaixo:

Veja a construção aqui.


Materiais necessários para entelar

            Antes de entelar lembrei uma coisa que deveria ter feito na parte da construção: Abertura para soltar objetos. Vou explicar. Pretendo participar de algumas gincanas com esse modelo, e em algumas provas é necessário soltar objetos enquanto voa, como ovos. Com essa porta, não precisarei de dispositivos a mais, pois o recipiente será dentro da fuselagem. Sua função secundária é atuar como freio aerodinâmico, reduzindo ainda mais a velocidade para pouso. Pouso curto também pode ser uma prova de gincana.


Parte de baixo da fuselagem

Área demarcada para o corte

Abertura cortada

Repare no corte em grau da "porta"


            Para entelar com vinil alguns acessórios são necessários: Estilete com lâmina nova (troquei a lâmina duas vezes durante a entelagem), secador de cabelo, vinil, CA (Cianoacrilato) para isopor (CA foam) e régua (preferência metal).

            Comecei entelando a lateral, dessa maneira as dobras ficam para baixo. Após estender o vinil sobre a lateral, dobrei a sobra para baixo e usei o secador para aderir melhor. Ao dobrar para frente, esquentei o vinil e “dobrei esticando” para acompanhar a forma do modelo. Para aderir sobre o rebaixo do acesso a bateria usei CA para isopor, dobrei e apliquei pressão. O mesmo é válido para o encosto da asa. Lembre-se, em partes curvas, esquente e molde o vinil sobre o modelo. A sobra para cima também foi dobrada e fixada. No encaixe do profundor, corte toda a sobra, assim será possível colar depron com depron e garantir a fixação do profundor.


Vinil sobre a lateral esquerda

Vinil dobrado embaixo

Frente dobrada

Parte superior frontal dobrada

Ao colar com CA para isopor esta parte, a fixação fica garantida

Detalhe da dobra

Rebaixo para a porta da bateria

Frente do berço da asa

Traseira do berço da asa

Recorte em volta do assento do profundor

Lateral esquerda entelada

Para a outra lateral basta repetir o procedimento, cuidado para não cortar o vinil seguindo o formato da lateral já entelada. Deixe o mínimo necessário sobrando na parte inferior, superior e na frente para o acabamento ser o melhor possível.


Parte de baixo com sobra mínima para sobreposição

Parte de cima, também, com sobra mínima

Laterais enteladas

Laterais enteladas

            A parte mais complicada já foi feita. Recortei o vinil no formato da parte inferior e estiquei. Aqueci com o secador para aderir melhor e não ficar com rugas e cortei a sobra rente à fuselagem. Na parte da frente o procedimento é o mesmo da lateral. Perto do encaixe do profundor o vinil não deve ser dobrado para, também, garantir a perfeita fixação da empenagem. Na abertura para soltar objetos precisei colar as sobras que foram dobradas para dentro com CA para isopor, assim, mesmo com a abertura e fechamento, a entelagem não sairá.

 
Depron exposto para colagem do profundor

Depron exposto para colagem do profundor

Parte de baixo entelada

Parte de baixo entelada

Parte de baixo entelada

Cortando o vinil para abrir a abertura

Vinil esticado para secagem da cola

Sobras de vinil cortadas

Abertura pronta


            O procedimento na parte superior foi igual à parte inferior.


Frente entelada

Parede de fogo entelada
Fuselagem pronta

         Nas duas tampas da fuselagem foi necessário cortar um vinil maior que o depron e dobrar as beiradas. Como a parte interna ficaria com depron amostra, coloquei um pedaço de vinil para dar acabamento.


Vinil recortado maior que a tampa

Recortes feitos para permitir a dobra

Primeiro lado dobrado

Parte externa dobrada

Acabamento interno colado
Fuselagem pronta
Teste de encaixe da porta

Vista interna da porta

Porta da bateria encaixada

            Com o charuto da fuselagem pronto, continuei com a empenagem (conjunto do leme e profundor). A técnica para um trabalho bem feito nesse conjunto é não dobrar as partes redondas, e sim, aquecer, esticar e moldar o vinil em cima do seu lugar definitivo. Dessa maneira, o acabamento fica perfeito  e sem marcas de vinil sobreposto.


Martelo utilizado como contra peso para puxar a entelagem

Lateral e topo entelados

Acabamento no topo

Acabamento frontal

Vinil recortado para parte móvel

Sobra do vinil da lateral oposto (será recortado)

A sobra foi recortada a 2/3 da espessura

Primeira lateral pronta

Segunda lateral pronta

Leme pronto

Procedimento do leme repetido no profundor

Acabamento sem dobras

Parte de baixo entelada

Profundor pronto e sem marcas de dobra

Profundor pronto e sem marcas de dobra

Parte móvel do profundor, a peça mais complicada para entelar

Vinil recortado com boa sobra

Cantos com o vinil conformado

Parte de baixo quase pronta

Parte ondulada

Parte de baixo pronta, lembre-se de colar a parte ondulada para não soltar

Sobra da parte oposta (será recortada)

Sobra da parte oposta recortada

Entelagem de um lado completa

Entelagem da outra parte igual a anterior

Parte móvel pronta

Detalhe do acabamento

Parte móvel sem marcas de dobra

            Fuselagem completamente entelada, agora falta somente a asa. Comecei pelos comandos. A técnica falada anteriormente é válida aqui também. Observe o ótimo acabamento e a ausência de marcas de dobra.


Vinil recortado com folga

Parte de baixo entelada

Comando entelado

Detalhe do acabamento

            A asa merece uma atenção especial. Qualquer erro cometido aqui custará a estética bonita do modelo. Escolhi começar por baixo para poder arrematar o vinil para baixo quando a entelagem estiver concluída, assim as juntas serão menos visíveis. Cortei o vinil para cobrir completamente a parte inferior da asa. Nessa parte basta dobrar e cortar as sobras. Nos cantos internos é necessário colar um pedaço de vinil para recobrir completamente o isopor. No pino da asa, cortei o vinil para deixar aquele a mostra e passei CA ao seu redor para garantir a fixação.


Vinil recortado maior que a asa

Vinil colocado por cima da asa

Ponta da asa com vinil esticado e arrematado

Raiz da asa entelada

Cantos internos com sobreposição de vinil para recobrir completamente o isopor

Pino da asa com bastante cola para acabamento

Parte inferior entelada

Acabamento escondido

Dobras matadas no topo da asa

Parte inferior entelada

            Na parte superior foi necessário entelar em duas partes, pois, caso fizesse em uma, o vinil da parte central se descolaria por causa do diedro.  Após esticar o vinil cortado sobre a asa, coloquei peso na outra ponta para a asa não cair quando o vinil for puxado. Dobrei com calor todas as beiradas até ficar um pedaço recoberto. Após isso, cortei as sobras e aqueci toda a superfície para tirar as rugas. Na outra semi asa o procedimento foi o mesmo. A parte central pede uma atenção especial, colei o vinil dos dois lados à asa com CA para isopor, assim garanto que eles não levantaram quanto uni-los. Colei uma estreita tira para dar acabamento entre os dois vinis.


Vinil por cima de uma semi-asa

Vinil esticado e arrematado

Acabamento sem dobras na ponta da asa

Perfeito acabamento na ponta da asa

Vinil recortado no meio da asa

Ponta acabada e esticada

Asa entelada

Acabamento na junção das duas entelagens

Em volta do pino mais cola foi passada

Entelagem completa

            Com o stick entelado, agora é hora de montar, mas isso fica para outra postagem.


              Quer ser avisado de todas as nossas postagens? Cadastre seu e-mail aqui.


            O que achou da construção? Está ficando boa? Você já entelou com vinil? Conte-nos sua experiência. 

4 comentários:

  1. Compro em papelaria mesmo. Peça por Vinitac, é do mesmo fabricante do Contac (usado para encapar cadernos).

    ResponderExcluir
  2. Parabéns. ..minha primeira construção eh essa aqui que terminei os finais hj... da uma olhada http://www.e-voo.com/forum/viewtopic.php?t=170596

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não parece ser sua primeira construção, ficou muito bonito mesmo. Já voou?

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...